Jesus.com.vc

Jesus.com.vc

Sou desses fãs de tecnologia que tá sempre acompanhando dicas e ferramentas de produtividade, anotações e aprendizagem – como o Notion, Coda, Airtable, Milanote e Roam Research, que surgiu mais recentemente.

Cada uma dessas ferramentas servem propósitos diferentes, mas acabam cumprindo as mesmas funções diversas vezes. Isso porque sua versatilidade as colocam numa categoria de aplicativos modulares, que possibilitam uma maior liberdade de customização para nos ajudar com nossas tarefas – algo que me interessa muito e não me empolga tanto desde que utilizava Evernote na faculdade.

De todos que testei, o que eu melhor me adaptei foi o @Notion. Simplesmente porque ele tem a melhor experiência de usuário e interface, além de uma comunidade grande e engajada em trocas e soluções – o que faz total diferença. Eu o utilizo para gerenciamento de projetos, planner, wiki pessoal, estudos, concentrar os conteúdos que consumo etc.

E desde o início do ano, tenho utilizado para fazer relatórios para os clientes também. Por causa do ótimo UX/UI, consigo embedar os posts das redes sociais, intercalando vídeos e imagens, blocos de texto com highlights & learnings e, numa puxadinha aqui e ali, dá pra encontrar um jeito de apresentar KPIs e métricas com certo destaque.

Para vocês terem uma ideia melhor, trabalhei com o BBB 20 com 3 clientes diferentes. Estamos falando do maior reality show que existe, que gera um volume absurdo de conversas diariamente e bateu todos os recordes nessa última edição – imagina como saturou as ferramentas de social listening. Com um dos clientes tínhamos muitas pessoas e parceiros envolvidos, a dinâmica era muito rápida e não existia a possibilidade de termos um cronograma extenso para a coleta de dados → análise → produção de report ou desenvolvimento de dashboards. O Notion caiu como uma luva para envolvermos diferentes pessoas no projeto alimentando reports diários, atualizados simultaneamente conforme surgiam pedidos e novas informações. O que surgiu como uma medida para sanar um problema inicial se transformou num hub de reports diários que até hoje não parou e envolve outras campanhas para além do BBB.

Pois bem, a fim de retribuir à comunidade, resolvi pegar uma das páginas privadas e desenhar uma espécie de página pessoal pública envolvendo meus projetos.

Em um desses projetos – como forma de não endoidecer nessa quarentena que estou passando longe de casa – tenho escrito uma espécie de ~livro~ baseado em diários de bordo de uma viagem bizarra que eu fiz quando tirei férias pela primeira vez, e o Notion está me ajudando a organizar todo o conteúdo. Juntando meus rolês, a fotografia como meu hobby favorito, entre outros projetos, vou utilizar essa página como hub de conteúdo e incentivar algumas trocas acerca da ferramenta. Ao menos é o que eu espero até então.

Fora os projetos pessoais, também tem a cobertura profissional e a famigerada ideia de portfólio pra quem é de dados e sempre gerou discussões que eu adoro entrar 😀

 

Acessem, e me contem o que acharam 🙂

 


Um contra: Analytics

Ah, sim, preciso já avisar que o Notion não possui Analytics, assim como não permite necessariamente uma otimização SEO das páginas. Afinal, o uso da plataforma como website não é a premissa e esse uso a qual estou aplicando não é lá bem comum entre a maioria dos usuários.

Pera lá Jesus, tu que tá nessa de internet trabalhando com dados há anos, inclusive diretamente com SEO, resolveu publicar online SEM ANALYTICS?

Pois é, sim.

Eu não sei, nem saberei, quantas pessoas estão visitando minha página, nem de onde elas são ou como vieram. Por um lado, estou perdendo informações valiosíssimas, mas por outro, eu não tenho com o que me preocupar e não vou gastar meu tempo analisando estatísticas infinitamente como acaba acontecendo ocasionalmente.

Veja bem, vivemos numa época que o FOMO e a ansiedade assolam a sociedade, a qual não estou imune. Pensar que eu não vou ficar obcecado por dados e acessar o Google Analytics frequentemente é de certa forma um alívio.

Fazer um acompanhamento minucioso pode até parecer eficiente, mas não o fazer e valorizar os resultados conforme a troca de conversas me parece mais eficaz.

E espero não mudar de ideia hehe

PS: O Notion não permite customizar o domínio, esse Jesus aí foi um achado que eu comprei a parte e fiz o redirecionamento com script para camuflar a URL com o Cloudflare.

 

Publicado originalmente no Linkedin