Enquanto eu não descubro o que fazer

Enquanto eu não descubro o que exatamente vou fazer, divido aqui algumas das coisas que ressoaram em mim nos últimos dias

Hey, você, tudo certo?

Eu sou o Eliel, mas você já deve saber que me chamam mais de Liko ou de Jesus, ou de Je, ou de Dji, ou de Lyon, ou de *insira aqui qualquer outro apelido que desejar* - sou um homem de muitos nomes. E essa aqui é mais uma publicação do meu não tão particular e pessoal blog, Cosmoliko.

No momento eu tô em São Paulo. Vim pra cá por motivos de carnavrau, mas não tenho nenhuma foto para compartilhar, pois deixei o celular em casa todos os dias - o que me entristece por não confiar no meu cérebro e péssima memória. Agora que o ano começou oficialmente, a ressaca passou e não estou mais depressivo - como contei ontem dividindo minha experiência de cura consagrando ayahuasca -, sobrou uma cabeça ansiosa e um bolso vazio que me fazem questionar: e agora?

Meus projetos de escrita tiveram o cronograma jogado pelo ralo e, por mais que eu queira voltar a focar neles, as contas pra pagar sem ter um puto no bolso e um show do Brian Jonestown Massacre pela primeira vez no Brasil em breve me fazem entrar em um leve desespero por ter que arcar com a busca por dinheiro. Inferno.

Enquanto eu não descubro o que exatamente vou fazer, divido aqui algumas das coisas que ressoaram em mim nos últimos dias:

Vitor do Metaforando processou Tiago Santineli, resultando em reputação abalada e aumento de audiência para o Santineli

O react do Tiago sobre o processo alcançou 1 milhão de visualizações em 4 dias e o canal aumentou mais de 100k inscritos. E isso é maravilhoso porque é sempre bom ver picaretas e pseudociência serem desmentidos. Que treta gostosa de acompanhar!

Jéssica Senra, reporter baiana, responde fala xenofóbica de vereador gaúcho

Após 215 trabalhadores escravizados serem resgatados na Serra Gaúcha, o vereador Sandro Fantiel pediu aos empresários para que "não contratem mais aquela gente lá de cima”. A repórter do TV Bahia citou o escritor mineiro Luiz Ruffato para pontuar a diferença entre ignorância e burrice:

Mas o escritor mineiro Luiz Rufato disse uma vez que é importante a diferença entre ignorância e burrice. Enquanto a ignorância é a falta de conhecimento sobre determinado assunto, burrice é a incapacidade de compreender a realidade. Por teimosia ou arrogância. Ou seja a ignorância é justificada muitas vezes por causa da baixa escolaridade, da deficiência do sistema de ensino, já burrice é imperdoável porque está nas pessoas que se apegam a ideias concebidas a preconceitos independentemente do nível de instrução, da classe social que pertence. A burrice costuma vigorar em locais permeados pela intolerância, por essa sensação equivocada de superioridade. Pra ignorância o antídoto é o conhecimento. Já pra burrice é necessário uma forte repressão social, nesse caso com punições exemplares, como por exemplo e no mínimo, a perda de mandato desse homem que se mostra indigno de representar um povo miscigenado como o povo brasileiro.

Após a repercussão negativa, o vereador retornou chorando e pedindo desculpas. Sempre bom ver picaretas chorando. Só falta ser cassado.

Manual do Usuário lança o Órbita

Sou fã do Ghedin e do Manual do Usuário. E achei massa a ideia de implementar o Órbita, fórum de links e debates que eu torço pra que seja tão relevante quanto o Hacker News. Nem precisa de cadastro para comentar nas mais diversas conversas interessantes que já estão rolando por lá. Meu post favorito é esse relato de diagnóstico tardio TEA + TDAH.

E esse aqui que é o melhor vídeo da última semana:


Esse foi um post para tentar tirar o foco depressivo dos meus textos nesse blog que EM 2023 FINALMENTE VAI DEIXAR DE SER TÃO DEPRESSIVO, EM NOME DO SENHOR JESUS CRISTO AMÉM. Esperem por mais posts assim.